Notícias

Núcleo de Bem-Estar Animal da Famcri ganha site e facilita acesso da população à informações
Núcleo de Bem-Estar Animal da Famcri ganha site e facilita acesso da população à informações

O site foi desenvolvido pela equipe da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) de Criciúma

O Núcleo de Bem-Estar Animal (NBEA), gerido pela Fundação de Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), passou a ter um site especifico para os serviços prestados. A ferramenta, que tem o objetivo de olhar mais atentamente para a causa animal e facilitar o acesso da população as informações, foi lançada por meio do link https://bemestaranimal.criciuma.sc.gov.br e conta com espaço de divulgação de animais que estão para adoção responsável.

Além dos serviços que já era possível serem realizados pelo site da Famcri, a solicitação online para a castração de animais é uma das novidades. As denúncias de maus tratos continuarão sendo encaminhadas posteriormente aos fiscais, que realizam a vistoria presencial. Notícias relacionadas ao núcleo e ao bem-estar animal também serão disponibilizadas na página.

Conforme a presidente da Famcri, Anequesselen Bitencourt Fortunato, essa é mais uma das ações que continuarão sendo ampliadas. “São ações sendo colocadas em favor da causa animal no município. Evoluímos muito nesta gestão, fomos reconhecidos internacionalmente por nossas práticas e projetos voltados ao bem-estar da população animal, o que reflete diretamente na nossa saúde”, completou.

Animais para adoção

O campo de divulgação dos animais para adoção também é aberto para as ONG’s do município e da continuidade a campanha Adote Um Amiguinho. É possível preencher informações completas sobre o pet junto a uma foto, como por exemplo, nome, sexo, porte, comportamento do animal e se é castrado, vacinado e vermifugado. As pessoas que quiserem adotar irão preencher uma ficha cadastral e responder um quiz que verifica alguns requisitos exigido, a página já conta com alguns animais cadastrados

Animais desaparecidos

Caso algum animal de estimação tenha desaparecido, as pessoas poderão entrar em contato através do site passando as informações necessárias e encaminhando fotos. Através disso, o núcleo irá ajudar a divulgar o desaparecimento e prestar informações sobre os animas. “Queremos que todos os animais estejam bem, seguros e em lares que os tragam alegria. Estamos empenhados em atualizar as informações todos os dias, aumentando cada vez mais o número de castrações e adoções, conscientizando todos sobre a importância das campanhas”, finalizou o chefe de departamento de Educação Ambiental, Eduardo Luzzi Damassini

O site

O site foi desenvolvido pela equipe da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), uma prática que possuem desde 2017. Todos os portais criados, sejam eles dinâmicos, estáticos, institucionais ou de interação com o usuário, são criados pelo departamento. “Nós temos mão de obra qualificada para isso e quando percebemos que um site tem informações com vários conteúdos que precisam de um destaque maior, revemos isso”, enfatizou o diretor, Tiago Pavan.

Por tratar da causa animal, a escolha do layout foi estudada para ser algo leve e dinâmico. Quem acessar a página irá se deparar com as tonalidades de cores leves, que remetem a uma descontração, visando fazer que os navegantes se sintam à vontade. Todos os serviços já são apresentados na home, assim que o site é acessado.

 

Escrito por: Letícia Ortolan - Imagem: Arquivo

voltar