Notícias

Famcri: parceria auxilia estudantes a revitalizar e batizar rua sem nome
Famcri: parceria auxilia estudantes a revitalizar e batizar rua sem nome

Atividade desenvolvida em sala de aula levou dignidade para a comunidade do bairro Mina do Mato através da revitalização e um novo nome para a rua

A história das ruas da cidade de Criciúma é um dos conteúdos que vem sendo abordados em sala de aula com os alunos do Colégio Marista. “Tratamos sobre diversos conceitos que levam a criança a refletir sobre a importância do nome dado a uma rua, bem como a conservação e a infraestrutura necessárias para os moradores”, contou a professora Ana Lucia Gomes Simon.

Foi numa dessas atividades que os estudantes descobriram que um dos colegas morava em uma rua sem nome. A parceria com a Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri) surgiu quando os alunos lembraram de uma das palestras que o órgão realizou no colégio, e demonstraram a intenção de criar um Projeto de Intervenção Social (PIS).

“Os alunos foram até o Horto Florestal Municipal para conhecer as espécies disponíveis e escolheram a que melhor se adequava a rua que estavam arborizando. Com a parceria conseguimos doar lixeiras, bancos, e mudas nativas”, relatou a diretora administrativa e financeira da Famcri, Daniela Benedet Pereira.

A rua, localizada no bairro Mina do Mato, foi revitalizada e também batizada. Os próprios alunos deram o nome de Gioconda Panatta Da Silva para a via, por meio de um Projeto de Lei aprovado na Câmara de Vereadores. “É nessa idade que eles começam a aprender sobre os direitos e ações solidárias. Apresentar para as crianças a dimensão ambiental ajuda a torná-las protagonistas da própria trajetória”, assegurou o responsável pela Educação Ambiental, Unidades de Conservação e Arborização da Famcri, Eduardo Luzzi Damassini.

voltar